•   over 1 year ago

HackCovid19 levou temas de tecnologia e saúde para a imprensa e redes sociais

Chegamos ao final de nosso desafio do HackCovid19 e além de termos avançado em diversos projetos de tecnologia e inovação, alcançamos um importante desafio de divulgação científica, mostrando para a sociedade o papel social das tecnologias e da computação em um momento como o da pandemia do novo coronavírus.

Desde a abertura das inscrições para desafios, passando pela chamada de participantes, pelo warm-up, e nos três dias de competição, o HackCovid19 vem sendo destacado por veículos de comunicação. Ao todo, foram mais de 50 matérias em sites comerciais, independentes ou institucionais.

Dentre essas matérias, destacamos algumas que ajudaram o evento a alcançar um grande público, mais de 900 interessados no Devpost. Confira:

Agência do Rádio: https://www.agenciadoradio.com.br/noticias/evento-on-line-vai-reunir-ideias-para-criar-tecnologias-que-podem-auxiliar-no-combate-a-covid-19-pran208663

Forbes:
https://forbes.com.br/colunas/2020/04/pesquisa-revela-os-setores-que-estao-se-dando-bem-na-crise-causada-pela-pandemia/

Jornal A tarde:
http://coronavirus.atarde.com.br/projeto-incentiva-criacao-de-tecnologias-no-combate-ao-coronavirus/

Toluna:
https://br.toluna.com/opinions/5105274/Brasileiros-buscam-solues-tecnolgicas-para-problemas-da-pandemia-do-COVID19

Projeto Mandacaru - Comitê Científico da Região Nordeste para o enfrentamento da Covid-19:
https://www.comitecientifico-ne.com.br/

Uol Tilt:
https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/05/01/quer-ajudar-prepare-se-para-o-hackathon-que-busca-solucoes-para-a-covid.htm

Redes Sociais
Em muito poucos dias, conseguimos chegar em mais pessoas por meio das redes sociais. Utilizamos o Instagram e contamos com muitas participações via Stories dos participantes, o que gerou um vídeo colaborativo (assista no IGTV do @hackcovid19). Ao final de maio, o perfil do evento no Facebook alcançou mais de 28 mil pessoas.

Nosso público foi de 65.7% mulheres e 34.3% homens (diferente do público geral do CBPF, que é predominantemente masculino). A maior parte com idade entre 35 e 44 anos, seguida pelas faixas etárias de 25 a 34 anos, e de 45 a 54 anos.

O trabalho de divulgação foi realizado por uma equipe interdisciplinar de cinco pessoas, com profissionais vinculados ao CBPF e à Fiocruz. Ao final do evento, os projetos apresentados e premiados também foram objeto de curiosidade de diversos veículos, inclusive na televisão. Confira algumas matérias:

Canal Saúde:
https://www.canalsaude.fiocruz.br/canal/videoAberto/em-pauta-na-saude-21-05-2020-epa-0175

G1:
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/06/04/vencedores-de-competicao-on-line-de-solucoes-ao-enfrentamento-a-covid-19-sao-premiados-nesta-sexta-feira.ghtml

Brasil 123:
https://brasil123.com.br/fiocruz-divulga-os-projetos-vencedores-do-hackcovid19/

Technoblog:
https://canaltech.com.br/saude/hackcovid19-conheca-tres-novos-projetos-com-solucoes-contra-a-covid-19-165999/

  • 0 comments

Comments are closed.